Arte em Movimento

“As Aventuras de Dom Quixote” na visão de Beatriz

 

Espetáculo especial de dança e música fala do cavaleiro andante em comemoração ao Dia das Crianças

Da Redação   

“Dom Quixote” é um cara muito simpático, alegre e brincalhão”, afirma Beatriz Alburquerque Angelone, 9, a Bia, que foi assistir “As Aventuras de Dom Quixote”, na Sala São Paulo, em 11/10, em comemoração ao Dia das Crianças, a convite do Panis & Circus.

“Ele lia muitos livros e achou que era um herói desses livros. E queria viver muitas aventuras como cavaleiro, e acabou ajudando muitas pessoas em seu caminho, entre elas, o casal da história”, acrescenta Bia.

 

Dom Quixote interpretado por Ighor Walace / Foto Asa Campos

 

O casal era formado pelo barbeiro Basílio, apaixonado por Quitéria, a Kitri, que corresponde aos seus sentimentos. “E os dois não podem se casar porque o pai da moça quer que ela se case com um rico comerciante, o Dom Gamache. O Barbeiro Basílio não tem dinheiro mas podia fazer a barba do pai de Quitéria todos os dias de graça. Mas ele não quis saber nada disso”, relata a menina.

Nada de trocar barba e bigode por um saco de ouro, raciocina o pai da moça.   

Em suas andanças para fazer o bem e ajudar o casal, Dom Quixote veste uma armadura, cavalga um cavalo magro e tem um amigo, Sancho Pança, para ajudá-lo na briga com vilões e com moinhos de vento. Aliás, a cena dos bailarinos que se transformam em moinhos de vento com expressões faciais disformes amplificadas pelo jogo de luzes – gigantes a assustar o cavaleiro andante – também impressionou a menina. Ao fugir deles, Dom Quixote acabou por cair no meio da orquestra e o riso ocupou o lugar do medo.    

 

Bailarinos da Cia. Dans La Danse / Foto Asa Campos

 

Essa versão da história do casal é contada pelo maestro João Maurício Galindo, de smoking, e pela atriz Tania Casttello, vestida de cor de rosa com um chapeuzinho de palha, que parecia uma “caipirinha”, diz Bia. Por que caipira? Alyne, mãe de Bia, acredita que é para dar um toque brasileiro ao enredo do herói espanhol. Atriz e maestro divertiram a criançada.

Bia conta que Dom Quixote dá uma mãozinha para o casal. Ele convence o pai da moça a casar Quitéria com o Barbeiro, que está à beira da morte. E os dois se casam. Mas, na verdade,  “ele estava se fingindo de morto. Daí, o pai não pode fazer mais nada. E eles dançam felizes para sempre”, afirma a menina.

É que toda a apresentação de “As Aventuras de Dom Quixote” foi dançada pelo Cia. Dans La Danse, ao som da Sinfonieta TUCCA Fortíssima, dentro da série Aprendiz de Maestro. O barbeiro Basílio é o dançarino Júlio Cesar e a namorada Quitéria, a bailarina Taís Diniz.

 

O toureiro dançarino e o corpo de baile da Cia. Dans la Danse / Foto Asa Campos

 

Bia ficou encantada com a dança e o figurino das bailarinas. Aprendeu que a saia da bailarina se chama ‘titi’ e como nunca tinha visto um bailado clássico ao vivo estranhou um tantinho o vestir dos bailarinos. Aplaudiu a cena em que o bailarino barbeiro Basílio ergue a sua amada, a bailarina Quitéria, “lá no alto”.   

Bia gosta de final feliz e detesta vilões. A ponto de se negar a ser fotografada ao lado de Dom Gamache e do pai de Quitéria. E reparou que o Dom Quixote não falou nada no saguão da Sala São Paulo após o espetáculo. “Ele é um cavaleiro de um outro tempo, que briga muito pelos bons e não sabe falar a nossa língua”, sintetiza a menina.

A tal ponto o ator Ighor Walace incorporou o personagem “Dom Quixote” que  se quedou mudo mesmo quando questionado sobre seus dados por uma integrante da produção do espetáculo. Ele fez sinal que os enviaria mais tarde e sua pantonima remetia a um e-mail a ser disparado de um teclado que tanto podia ser de computador, tablete ou celular. 

Sinal dos tempos de um cavaleiro andante.  

 

Veja a seguir as fotos feitas por Asa Campos e escolhidas por Beatriz Angelone para ilustrar sua reportagem sobre “As Aventuras de Dom Quixote”.

 

A atriz Tania Casttello e o maestro João Maurício Galindo / Foto Asa Campos

 

Bailarina com sua saia rodada conhecida como ‘titi’ / Foto Asa Campos

 

Dom Gamache, o comerciante, e seu saco de dinheiro / Foto Asa Campos

 

Basílio, o bailarino Júlio César, e Quitéria, a bailarina Taís Dinis / Foto Asa Campos

 

A atriz Tania Casttello, contadora da história, e Dom Quixote / Foto Asa Campos

 

Tania Casttello e o corpo de baile da Cia. Dans La Danse / Foto Asa Campos

 

Bailarinos formam o moinho de vento que impressiona Beatriz / Foto Asa Campos

 

Dom Quixote e seu amigo Sancho Pança (Victor Delboni) / Foto Asa Campos

 

O pai da moça, a contadora da história e o vilão / Foto Asa Campos

 

Dom Quixote, Dom Gamache e os bailarinos / Foto Asa Campos

 

O pai da moça e Dom Quixote, pronto para a briga / Foto Asa Campos

 

O casal de bailarinos, Basílio e Quitéria / Foto Asa Campos

 

Dom Gamache e o pai de Quitéria / Foto Asa Campos

 

Dom Gamache, Quitéria e o pai dela carregando o saco de dinheiro / Foto Asa Campos

 

O casal de bailarinos e a repórter por um dia Beatriz / Foto Asa Campos

 

Legenda da foto da capa – Dom Quixote e a menina Beatriz / Foto Asa Campos

Quem é Dom Quixote      

Dom Quixote é um personagem criado pelo escritor espanhol Miguel de Cervantes e suas aventuras estão descritas no livro “Dom Quixote de La Mancha”, que foi publicado pela primeira vez em 1605, na Espanha. Em seu livro, Miguel de Cervantes ridiculariza as histórias de cavalaria, que fizeram sucesso na Idade Média. Nessas histórias, cavaleiros fortes enfrentam gigantes, derrotam exércitos e saem vitoriosos.

Cervantes criou seu personagem, Dom Quixote, como um cavaleiro diferente, que luta contra moinhos de vento imaginando que são gigantes. Parte para cima de um deles, mas é jogado longe pelas pás. Sancho Pança, seu amigo fiel, explica que não são gigantes, e sim moinhos de vento. Dom Quixote olha de novo e concorda com Sancho Pança. Porém diz que um feiticeiro transformou os gigantes em moinhos para salvá-los dos ataques do cavaleiro andante.

 

*TUCCA, em parceria com o Hospital Santa Marcelina, atende a crianças e adolescentes carentes com câncer.  Acesse tucca.org.br e ajude a mudar a história de milhares de vidas. Panis & Circus apoia a TUCCA.

 

Ficha técnica de As Aventuras de Dom Quixote

TUCCA – Série Aprendiz de Maestro

Texto e direção: Paulo Rogério Lopes

com

João Maurício Galindo, Tania Casttello e Sinfonieta TUCCA Fortíssima

Participação especial

Cia. Dans La Danse

Direção Musical e Regência

Maestro João Maurício Galindo

Direção Geral e Produção

Ângela Dória

Arranjos e assistente de direção musical

Nataniel Bádue

Produção executiva/arregimentação

Bruna Veratti

Assistente de Direção

Suzana Rebelov

Fotos

Asa Campos

Tags: , , ,

4 Responses to "“As Aventuras de Dom Quixote” na visão de Beatriz"

  1. Paulo Rogério disse:

    Sempre um orgulho estar nas páginas do “Panis e Curcus”! Bjão

    1. Paulo Rogério disse:

      Correção: “Circus”! + bjs

  2. Paulo Rogério disse:

    Oi, queridos do Panis&Circus. Mais uma vez, obrigado pela atenção e, se possível, 3 pequenas correções:
    – o nome do personagem é “Gamache, e não “Gamuche”;
    – na Ficha Técnica faltou uma letra no TUCCA da Sinfonieta TUCCA (está “TCCA;
    – ainda na Ficha Técnica faltou uma das figuras principais: a Assistente de Direção Suzana Rebelov.
    Mais uma vez, grande beijos a todos e, parabéns pela linda matéria com as fotos sempre maravilhosas do Asa Campos.
    Paulo Rogério Lopes (Diretor e autor)

  3. Paulo Rogério disse:

    Queridos! Obrigados pelas correções. Matéria demais! Parabéns para os envolvidos e obrigado em nome de todos de cá.
    bjs
    Paulo Rogério Lopes

Deixe um comentário

*