Clip Click

Veja recomenda “Canção dos Direitos da Criança”

  • 13Cena de Canção dos Direitos da Criança: músicas cantadas ao vivo (Foto: João caldas)
  • Canção dos Direitos da Criança
  •  

Resenha por Bárbara Öberg

Clássico infantil da MPB, o disco Canção dos Direitos da Criança (1987) é fruto da bem-sucedida parceria entre o compositor Toquinho e o artista plástico Elifas Andreato. Reúne dez composições inspiradas nos princípios da Declaração Universal dos Direitos da Criança, aprovada pela ONU em 1959. A obra, que já foi adaptada mais de uma vez para os palcos, ganha nova versão pelas mãos de Carla Candiotto, uma das fundadoras do grupo de teatro infantil Le Plat du Jour. A trama se passa na era vitoriana, em meio à Revolução Industrial, no reino da Rainha Má (Carol Badra), que, junto do seu ajudante, o Primeiro Ministro (Igor Miranda), chama as crianças que trabalham no castelo de “coisinhas”. A turma, que já não aguenta mais os maus-tratos dos seus superiores, resolve bolar um plano para conseguir mais comida, o que rende cenas cheias de humor. A história conta com um elemento-surpresa no final, porém seu desenrolar às vezes peca pelo clichê. Esse fator é relevado pelo texto atual e engajado, combinado com canções cantadas ao vivo que conversam com a produção, como Gente Tem Sobrenome e Bê-ABá. O resultado da montagem atinge sua proposta original: informar de uma maneira divertida. Estreou em 12/9/2015. Até 1º/11/2015.

Ficha técnica

Direção: Carla Candiotto

Duração: 60 minutos

Locais e horários

Até 01 de novembro

  • Teatro Shopping Frei Caneca

Deixe um comentário

*