Anote

  “Menor que o Mundo” A cia. Nau de Ícaros adapta para o palco poemas de Carlos Drummond de Andrade com técnicas de teatro e circo. São histórias construídas a partir de poemas de Drummond, interpretados com números aéreos e casas que giram pelo palco. O espetáculo tem texto e direção de Leonardo Moreira. Elenco: Alvaro Barcellos, Leticia Doretto, Marco Vettore e outros. Serviço Endereço do teatro no Sesi-SP, Centro Cultural Fiesp Ruth Cardoso – av. Paulista, 1.313, Bela Vista. Tel.: 3146-7405. 70 minutos.  Sábados e domingos, às 16h00. Até 08/07. Grátis. Retirar ingressos com 30 minutos de antecedência.   “Xuxu e Xuxuzinho” Espetáculo com a dupla de palhaços em números do circo tradicional, com  Edgard Carlo e Jorge Carlo Jr. Direção: Eduardo Sterblitch. 60 min. Livre. Sem data para término da temporada. Serviço Teatro das Artes – shopping Eldorado – av. Rebouças, … Read entire article »

Domingo, 3/6, é o último dia para ver “Mistero Buffo”, comédia de Dario Fo que satiriza passagens bíblicas interpretadas pelos atores e palhaços Domingos Montagner e Fernando Sampaio.

        “Mistero Buffo” A companhia La Mínima abriu as comemorações de 15 anos de existência em 2012 com a apresentação de “Mistero Buffo” (1969), adaptado do texto de Dario Fo, ganhador do Prêmio Nobel em 1997. A comédia estreou em 22/3 no teatro Sesi-SP (av. Paulista, 1.313, na capital paulista). “Mistero Buffo” tem direção de Neyde Veneziano e satiriza eventos trágicos que a humanidade nunca supera: ganância, fome, exploração, pobreza, conforme explica a diretora. O grupo La Mínima, dos atores-palhaços Fernando Sampaio e Domingos Montagner, encena quatro histórias inspiradas em passagens bíblicas. A dupla representa 20 personagens. Participam da montagem o ator e palhaço Fernando Paz, como parceiro sonoro (trilha musical ao vivo); Marcelo Pellegrini, na direção musical; André Carrico, como tradutor do texto de Dario Fo, em parceria com Neyde Veneziano, entre outros profissionais. A bufonaria … Read entire article »

Personagens de Domingos Montagner e Fernando Sampaio enfrentam organização que deseja exterminar palhaços em “A Noite dos Palhaços Mudos”, em cartaz hoje, quarta (30/5).

       Vida imita arte em “A Noite dos Palhaços Mudos”, da cia. La Mínima “A Noite dos Palhaços Mudos” (2008), com Fernando Sampaio, Domingos Montagner e Fernando Paz, voltou a cartaz para quatro apresentações. Marcelo Castro é o “stand in”. Os atores Montagner e Sampaio ganharam o prêmio Shell com esse espetáculo em 2009. A peça conta a história de dois palhaços mudos, mas tão expressivos que a palavra falada fica destituída de função. A direção é de Alvaro Assad, que assina a preparação mímica e, com o La Mínima, o roteiro e a adaptação. Através da mímica, dos movimentos calculados, das caras de sustos e das armadilhas que só os palhaços sabem pensar, a dupla representa a perseguição dos personagens por uma seita maligna, que passa a caçá-los até arrancar o nariz de um deles. O … Read entire article »

Editora do Panis & Circus participa de sabatina da “Folhinha” com Ziraldo neste sábado, 19/5. Confira as atrações circenses do final de semana na cidade de São Paulo.

  Bate-papo com o criador do famoso Menino Maluquinho Neste sábado, 19/5, ocorre mais um “Evento Folha”, desta vez, a “Roda/Sabatina da Folhinha para Pais e Crianças com Ziraldo”, no auditório do MAM, no parque Ibirapuera, às 16h. A equipe desse caderno infantil vai perguntar a Ziraldo sobre sua obra e momentos relevantes da carreira dele como escritor, cartunista, autor de histórias em quadrinhos e editor do “Pasquim”. A editora-chefe do site Panis & Circus, Mônica Rodrigues da Costa, é a jornalista convidada para participar do evento. Os entrevistadores da Folha serão Laura Mattos, editora da “Folhinha”, Morris Kachani, repórter especial da Folha, e Diego Assis, editor do UOL Entretenimento, segundo a Folha de S.Paulo de 16/5. Mônica Rodrigues da Costa é especializada em jornalismo cultural para crianças e adultos. Trabalhou na Folha de S.Paulo de 1987 a 2004, como editora … Read entire article »

Virada Cultural de 2012 não deu grande espaço ao circo. Espetáculos de qualidade, só no Sesc: Acrobáticos Fratelli, Grupo Ares e Linhas Aéreas. Na rua, malabarismo e ilusionismo decepcionam.   Espaços do Sesc recebem o melhor das artes do picadeiro, mas espetáculos de rua sofrem violência Os pontos fortes entre as atrações circenses foram os espetáculos realizados nos espaços dos Sesc, como as apresentações do grupos Linhas Aéreas e Ares, no Sesc Santana, e as intervenções aéreas,  no Sesc Bom Retiro, da cia. Acrobáticos Fratelli, que você confere na seção “E com Vocês…”, do Panis & Circus. As apresentações de ilusionismo, na rua Direita, e de malabarismo, no Vale do Anhangabaú, foram cercadas de tensão devido à violência de arrastões e assaltos, que afastaram o público, conforme artistas do circo declararam ao Panis & Circus. Nos … Read entire article »