Arte em Movimento

Chaplin é gênio da liberdade, em documentário

.

Ivy Fernandes, Roma

O documentário “Charlie Chaplin, o gênio da liberdade”, de François Ayne e Yves Jeuland, tem 146 minutos de duração, traz filmagens inéditas, fotografias e documentos cedidos pela família e levou três anos de pesquisa, revisão e montagem para ficar pronto.

Em 6 de janeiro de 2021, foi apresentado pelo canal 3, da televisão francesa.  
A família Chaplin, que administra a maioria dos direitos de Charles Chaplin (1889-1977), também forneceu material a Yves Jeuland e o resultado foi que o campo da pesquisa foi “ampliado e traz fotografias, recortes de imprensa e até filmes familiares que escaparam à investigação de outros pesquisadores por muitos anos”, disse Jeuland em entrevista ao jornal Le Monde.

O documentário mostra Charlie Chaplin desde suas primeiras aparições no estúdio Keystone, com quem assinou um contrato em 1913, até seu último longa-metragem “A Condessa de Hong Kong” (1967) em que contracena com Sophia Loren e Marlon Brando. 

O documentário vai ser distribuído em vários países e se poderá ver a restauração com ótima qualidade das imagens.

Deixe uma resposta

*