Pé na Estrada

Circo Varieté: barriga mágica e buquê de couve-flor

 

Artistas do "Circo Varieté", no Teatro Santa Isabel, em Recife / Foto Asa Campos

 

Da Redação

Um teatro de miniatura aparece de dentro da barriga do homem, cilindros transparentes dançam nas mãos da moça, palhaços perdem e encontram o ritmo com pandeiro e cavaquinho e o  buquê de uma noiva é uma couve-flor. Esses artistas, com seus números inusitados montaram o Circo Cabaré  – que se apresentou no Teatro Santa Isabel, na quarta-feira 9/11, às 20h. 

Tratou-se de uma montagem exclusiva e inédita. Artistas como os italianos Giullari de Diavolo e Fausto Barile, a brasileira Rose Zambezzi, e companhias como Cia. Suno, de São Paulo, Caravana Tapioca e Cia. Animé, de Pernambuco, Nobok Coletivo, do Rio de Janeiro, misturaram seus talentos e exibiram no palco técnica e humor. 

E a trupe de artistas que participou do Circo Varieté ainda fez o bem. A renda arrecadada foi revertida para a Fundação Altino Ventura que há trinta anos oferece tratamento médico oftalmológico a pacientes de baixa renda. Durante esse tempo, mais de 11 milhões de procedimentos já foram realizados.

O prefeito reeleito de Recife, Geraldo Júlio (PSB) e sua esposa Cristina, prestigiaram a Fundação e o Circo Varieté.

Veja abaixo o ensaio fotográfico de Asa Campos, do Panis & Circus, sobre a apresentação do Circo Varieté. 

 

Rose Zambezzi e suas esferas transparentes

 

Palhaços Cavaco e Nina da Caravana Tapioca (PE)

 

A noiva-palhaça da Cia.Animé (PE) e seu buque de couve-flor

 

Fausto Barile e o "Gran Teatro Dentro" de sua barriga

 

Integrantes do "Circo Varieté"

 

Humor em cena com o italiano Giullari de Diavolo

 

Pássaro equilibrista do Nobok Coletivo (RJ)

 

Helena Figueira e Duba Becker, da Cia.Suno (SP) no Circo Varieté

 

Os palhaços da Cia. Tapioca e da Cia. Suno

 

Em cena, o monociclo e a flauta no Cabaré Varieté

Postagem – Alyne Albuquerque

Deixe uma resposta

*