Picadeiro

Tem espetáculo do Zanni ao vivo, sábado 20/11 e domingo 21/11.

.

Os espetáculos do Zanni dos dias 6 e 7 de novembro foram cancelados por cuidado, zelo e precaução já que uma pessoa da equipe do circo testou positivo para Covid -19, conforme comunicado do circo transmitido pela produtora Márcia Nunes. Os espetáculos foram reagendados para os dias 20 e 21 de novembro, às 18h, na sede do Zanni, km26 da Raposo Tavares, para permitir que todos os que compraram ingressos possam se divertir com a trupe mais cult do país.

“Agradecemos a compreensão de todos e vamos nos cuidar, usar máscara e continuar com a retomada cultural. Esperamos vocês “, afirma Márcia Nunes no comunicado do Zanni –

 Leiam como foram os preparativos para a reabertura do Zanni abaixo.

.

Picadeiro preparado para receber o público em sua reabertura… Foto Frank Turkovics 

.

…E lotado antes da pandemia / Foto Carlos Gueller

Da Redação*

São 600 dias sem público – desde 16 de março de 2020 a lona do Circo Zanni está fechada em razão da pandemia. E mais de 100 dias de ações online desde espetáculos até a produção de documentários.    

Agora o Circo Zanni abre a lona e convida o respeitável público para comparecer presencialmente nos dias 9, 10, 12, 23 e 24 de outubro de 2021 para comemorar o Mês das Crianças e sentir como será a volta das atividades. A retomada será gradativa, com capacidade reduzida e seguindo os protocolos de segurança, pois a pandemia ainda não acabou. Mas, com o avanço da vacinação, somado aos cuidados sanitários, a sede está pronta para voltar para o presencial.

Lu Menin, integrante do Zanni e da cia. Barnabô, lembra que para enfrentar a difícil situação provocada pela pandemia, a primeira ação do circo foi concentrar esforços para manter a sede aberta. “E graças ao apoio do público que aderiu à campanha de financiamento colaborativo Segue Zanni e à realização de outros projetos, viabilizados por meio do PROAC LAB (Lei Aldir Blanc, a Lei de Emergência Cultural) permanecemos atuantes durante esse tempo e, o mais importante, chegamos até aqui com a lona erguida. Foram muitas ações online, oficinas, espetáculos, criação de número musical virtual e produções de documentários.”

.

Maíra Campos e Nié Pedro em número da mesa

.

O Zanni trabalha com a atmosfera dos circos clássicos e tradicionais, mas com elementos contemporâneos incorporados pela trupe – uma das mais cults do país – por meio de números aéreos, de acrobacia, equilíbrio e magia, além, é claro, de palhaçaria. Em síntese, é um circo “clássico contemporâneo brasileiro” que retoma uma antiga tradição circense: a musicalidade ao vivo.

A Banda do Zanni é uma marca registrada dos espetáculos da companhia, em que todos os artistas participam.

.

Lu Menin em apresentação do Zanni / Foto Carlos Gueller

.

A seguir, o depoimento de Lu Menin e de artistas do Zanni coletados por ela sobre a retomada do circo, especial para Panis & Circus.   

.

Lu Menin: Passagem do online para o presencial

“É com muita emoção e com muito amor no coração que começo esse texto sobre a retomada do Circo Zanni nos dias 9, 10 e 12 de outubro na nossa sede fixa no km 26 da Rodovia Raposo Tavares, Cotia/SP.

Foram anos de desejo de concretizar esse sonho, ter o Zanni montado em uma sede fixa. Em dezembro de 2019 o sonho se tornou realidade! Depois de alguns meses de reforma e melhorias estruturais no terreno, estreamos nossa sede fixa tão almejada e planejada. Foi um sucesso, o público compareceu em peso – tanto pessoas da capital (São Paulo) quanto de Cotia e região. Para o Zanni, um outro sonho e princípio importante era o de sustentar a sede com entradas de bilheteria, cursos, oficinas e parcerias com escolas e instituições culturais da região, sem nenhum apoio do governo nem patrocínio. Era um momento esperado há mais uma década. Com a grade de aulas montada e cronograma de espetáculos sendo desenhado, em março de 2020, veio a pandemia de Covid 19 e os protocolos de isolamento social, nos arrebatando e paralisando todas as metas planejadas até então. Desde o dia 16 de março de 2020 a sede permaneceu fechada.

Diante da difícil situação, nossa primeira ação foi realizar uma campanha para conseguirmos manter a sede aberta até que esse momento duro passasse. Graças ao apoio do público que aderiu à campanha de financiamento colaborativo
Segue Zanni e à realização de outros projetos, viabilizados por meio do PROAC LAB (Lei Aldir Blanc, a Lei de Emergência Cultural) permanecemos atuantes durante todo esse tempo e, o mais importante, chegamos até aqui com a lona erguida. Foram muitas ações online, oficinas, espetáculos, criação de número musical virtual e produções de documentários.

600 dias se passaram e depois de muitas incertezas, angústias e desesperança hoje anunciamos em alto e bom som a esperada RETOMADA!

A retomada será gradativa, com capacidade reduzida, pois a pandemia ainda não acabou. Acreditamos que, com o avanço da vacinação, somado aos cuidados e protocolos de saúde, estamos prontos para regressar do modo online para o presencial.

Eis alguns depoimentos de integrantes do Circo Zanni que captei e estão carregados de emoção.

.

Marcelo Lujan em número de palhaçaria / Foto Asa Campos

.

Marcelo Lujan, diretor artístico e maestro da banda

“Segunda geração do Zanni está presente na volta do Zanni”

“Estamos voltando! Renascimento das artes, uma volta tão esperada. E nesta retomada do Zanni o público terá a oportunidade de ver mais uma vez a arte circense se fortalecendo e continuando seu caminho. A segunda geração está presente, na banda temos Léo, filho mais velho de Domingos Montagner (1962-2016) e Lu Lima, e Tomás, filho de Fernando Sampaio e Erica Stoppel, as primeiras crianças do Circo Zanni, dois músicos, dois parceiros que abrem caminho e trazem um novo ar, novas ideias e energia se renovando. E com eles veem atrás as outras crianças do Circo Zanni que levarão adiante esta arte familiar milenar. No repertório, o infalível clássico que caracteriza o Circo Zanni, sua banda ao vivo, e números inesquecíveis que fazem parte da memória e dão lugar para o imaginário onde todo mundo tem a mesma idade, jovens de espírito e sábios de coração, durante a estadia no circo, dentro do espetáculo e na sua volta para casa, envolvidos na atmosfera do Zanni.”

.

Fernando Sampaio e Filipe Bregantim em Monga

.

Fernando Sampaio, A Monga, personagem ícone do repertório do circo:

“Zanni é paixão”

“Minha expectativa é de retomada do que sabemos ser uma força muito especial que este coletivo tem. Pessoalmente sinto saudades de estarmos juntos. E saudades é uma coisa muito difícil de explicar, mas que você sente na sua alma. Ter de volta ou retomar algo que você ama muito. Por mais que estejamos individualmente fazendo outras coisas, e que curtimos também, o Zanni é para nós uma grande paixão!”

.

Erica Stoppel no número da centopéia

.

Erica Stoppel, representante do potente coletivo feminino do Zanni.

“Saudade do público e espero não chorar de emoção”

“Por um lado estamos com muita saudade do público e por outro,  quando o coletivo do Zanni se junta sob essa lona com a plateia, algo bastante peculiar acontece, é algo que é maior do que nós. Basicamente tenho para dizer que espero não chorar de emoção em cena, sei que vai ser muito forte para mim.”

.

Luciana Lima no número da corda / Foto Paulo Barbuto  

.

Luciana Lima, artista e produtora

“Data marcante para o Zanni e na vida de cada um de nós”

Bom, a expectativa de reestreia de um espetáculo, de reencontrar o público, de voltar aos palcos sempre traz uma emoção gostosa, um friozinho na barriga… Mas, o fato de nós artistas termos ficado longe dos espetáculos presenciais por mais de 600 dias de forma obrigatória por conta de uma pandemia global, muda muita coisa. E pro público também. Essa volta das atividades vem com o fator de risco, pois o vírus ainda está entre nós, e se preocupar com os protocolos de segurança e de saúde geram outras camadas de expectativas além das que já mencionei. Queremos muito que o nosso público sinta-se seguro e muito à vontade de voltar a frequentar o Circo Zanni. Estamos trabalhando bastante, com muita dedicação e amor, para que todos,  artistas e público possam circular por todos os ambientes com tranquilidade e segurança. Minhas expectativas são as melhores possíveis: o reencontro com o público, sentir sua presença,  suas reações em tempo real, escutar e ver os aplausos, interagir olho no olho, e ao vivo vai ser realmente emocionante.  Uma data marcante na história e trajetória do Circo Zanni e na vida de cada um de nós!”

.

Fernando Paz como madastra em Branca de Neve e os 3 anões / Foto Asa Campos

.

Fernando Paz, integrante do La Mínima, e artista convidado

“Zanni é celebração do encontro”

Voltar a apresentar o espetáculo do Circo Zanni é como voltar de um exílio com saudade de uma comunidade e de um território que se deixou, sem prazo para retorno. Porque ainda que a gente não precise da lona para as apresentações, é lá que o Circo Zanni está por inteiro, e não existe lugar melhor do que aquela lona para esse reencontro. Porque para mim o Circo Zanni sempre foi isso: uma celebração do encontro.”

.

Bel Mucci no tecido / Foto Asa Campos

.

Família estelar

E aqui eu, Lu Menin, encerro essa dissertação recheada de amor, paixão, admiração, gratidão, felicidade na alma; sentimentos que me preenchem ao falar do Zanni, essa sensação que a razão não explica…uma gratidão eterna por fazer parte deste coletivo sem precedentes nas história do circo paulistano e brasileiro. Essa conjunção de potências artísticas, essa família estelar!

Venham testemunhar esse retorno que será feito com muita responsabilidade, dedicação e afinco, com sentimentos que realmente transbordam os limites da razão…

.

Maíra Campos…
Nié   Pedro… Fotos Paulo Barbuto

.

Daniela Rocha-Rosa e os arcos / Foto Fausto Franco

.

Pablo Nordio e…

.

… Crianças do Zanni…

.

… em fotos de Georgia Branco

.

Ficha Técnica

Concepção e direção artística: Domingos Montagner (In Memorian)

Direção Artística e musical: Marcelo Lujan

Direção técnica: Pablo Nordio

Elenco: Daniel Pedro, Erica Stoppel, Fernando Sampaio, Isabela Mucci, Lu Menin, Luciana Lima, Maíra Campos, Marcelo Lujan e Pablo Nordio

Artistas convidados: Fernando Paz, Filipe Bregantim, Tomás Sampaio, Leo Montagner, Luara Bolandini e Dani Rocha-Rosa

.

SERVIÇO

Espetáculo “Circo Zanni” – reabertura presencial do Circo Zanni

Dias 9 e 10 de outubro de 2021, às 18h

SESSÃO ESPECIAL DIA DAS CRIANÇAS – 12 de outubro, às 18h

Local: Circo Zanni – Localizado na Raposo Tavares km 26 – Cotia/SP – Rua do Vaticano n° 2, Jardim Fontana, Cotia/SP.

Compra de ingressos: exclusivamente pelo Sympla

https://bit.ly/IngressosCircoZanniReabertura

* a partir de 02/10/2021

Dúvidas e Informações: circozanni@gmail.com

Classificação: Livre (indicado para toda a família)

Duração do espetáculo: 60 minutos

*Há estacionamento no local

INGRESSOS: R$ 60,00/ R$ 30,00 (meia entrada)

.

INGRESSOS ESPECIAIS – INCENTIVADOR CIRCO ZANNI

Para aqueles que podem e desejam participar ativamente da retomada das atividades do Circo Zanni o público poderá escolher os ingressos especiais e produtos do Circo Zanni, e além de ser um incentivador do Circo Zanni, concorrerá a brindes e sorteios de produtos especiais.

.

Precauções e Protocolos de enfrentamento à Covid19

O uso de máscara será obrigatório durante toda a permanência no circo. O Circo Zanni está equipado para aferição de temperatura, dispositivos de álcool em gel e capacidade de atendimento reduzida, garantindo o distanciamento.

A pipoca será reservada para o momento antes e depois do espetáculo, uma vez que não será permitido comer dentro da lona.

A nossa lona estará com os panos de roda levantados, para garantir também um espaço arejado e seguro.

Site e redes sociais:

https://www.circozanni.com

https://www.facebook.com/CIRCOZANNI

https://www.instagram.com/circozanni

.

Sobre o Circo Zanni

Público comparece em massa na inauguração da sede do Zanni no km 26 da Raposo Tavares em 2019 e … Foto Asa Campos

.

…hoje a sede continua no local graças a campanha Segue Zanni e ao ProAc LAB (Lei Aldir Blanch)/Foto Dezola  

.

O Circo Zanni foi criado em 2004 por Bel Mucci, Daniel Pedro, Domingos Montagner (1962-2016), Erica Stoppel, Fernando Sampaio, Luciana Menin, Marcelo Lujan e Pablo Nordio – profissionais com diversas formações artísticas – com o intuito de valorizar o espetáculo circense apresentado sob a lona em centros urbanos. Assim, há 17 anos, o Zanni realiza ações itinerantes e participa de diversos festivais. Em 2019, fixou-se em Cotia/SP como espaço de referência na área circense.

.

Precauções e Protocolos de enfrentamento à Covid19

O uso de máscara será obrigatório durante toda a permanência no circo.

O Circo Zanni está equipado para aferição de temperatura, dispositivos de álcool em gel e capacidade de atendimento reduzida, garantindo o distanciamento

A pipoca será reservada para o momento antes e depois do espetáculo, uma vez que não será permitido comer dentro da lona.A lona estará com os panos de roda levantados, para garantir também um espaço arejado e seguro.

*Com informações também do Canal Aberto – Assessoria de imprensa  

Legenda Foto de Capa – Banda do Zanni marca registrada do circo/Foto Carlos Gueller

Deixe uma resposta

*