Bom Bocado

Colomba: um doce que tem história

Doce antigo que nasceu na Páscoa em 572 d.C.

 

Ivy Fernandes , de  Roma

A imagem  da “Colomba” (pombinho) Pascoal  remonta a um episódio da Gênesis: no fim do dilúvio, uma pomba saudou Noé carregando um ramo de oliva em seu bico como prova da reconciliação entre Deus e seu povo. Era o fim do castigo divino e o início de uma nova era para toda a humanidade.

O  doce, que é a imagem  da  paz,  e  tem a  forma  de  uma  “Colomba”, é servido, geralmente, ao final do domingo de Páscoa, e foi criado na metade do século  VI,  na Itália  do Norte.

Símbolo da Páscoa, além dos ovos, esse doce que tem forma de pomba (colomba) está ligado à paz

 

A história do doce

A  lenda  conta  que, quando o rei Alboino, soberano dos Longobardi,  chegou à Itália com os seus soldados, após um cerco de quase três  anos, conseguiu entrar e ocupar  a cidade de  Pavia no dia da vigília da celebração da Páscoa, em 572 d.C.

 O rei Alboino, que era considerada um tirano, recebeu presentes do  povo de Pavia em sinal de submissão e na tentativa de acalmar o invasor. Ele recebeu também 12 jovens bonitas como oferenda, que tinham a função de distrair o soberano e animar suas noites.

Enquanto decidia o destino da cidade, apresentou-se no palácio um senhor carregando uma cesta com vários tipos de doce.    

O senhor fez uma reverência diante do trono, colocado no altar da Basílica, ocupado por seu exército e, dirigindo-se ao soberano invasor, falou: “Majestade,  quero  lhe   oferecer  esses doces, em forma de ‘colombas’, como um tributo à paz no domingo de Páscoa”.

O rei provou  o  doce e gostou tanto que prometeu: “Pace sia!  (Seja feita a Paz)! Respeitarei sempre as pombas como símbolo do doce, que é uma delícia.”  Pouco tempo depois, o rei perguntou para cada uma das 12 jovens qual era o nome de cada uma e todas   responderam que se chamavam “Colomba”. Aí ele percebeu que havia caído em uma armadilha em forma de doce.  Mas decidiu respeitar o que havia prometido, salvou a cidade e respeitou as jovens. 

Versão da lenda ligada à Batalha de Legnano

A segunda lenda afirma que o doce da Páscoa em forma de pomba está ligado à Batalha de  Legnano (1176), época em que as cidades da região de Longobardos combateram e venceram o invasor Federico Barbarossa. Durante a batalha, três pombas brancas teriam pousado sobre  o escudo longobardo e o comandante Carroccio considerou  que  elas trouxeram sorte ao seu exército, que venceu a batalha e, por essa razão, em homenagem aos pássaros,  mandou realizar um doce em forma de pomba, que ficou  conhecido como o símbolo pascoal.

Os ingredientes do doce da Páscoa, no começo, eram muito simples: ovos, farinha, fermento e açúcar. 
No início de 1900, a empresa  italiana Motta lançou  no mercado, em escala industrial, o doce da Páscoa e acrescentou ingredientes, mas conservou a forma clássica da pombinha. 

Em 1930, o doce se tornou popular na Europa  graças também a um cartaz publicitário desenhado pelo artista Cassandre, que trazia os dizeres: “Colomba da Páscoa Motta, o doce que tem o sabor da primavera”.

O rei Alboino

 

O rei Alboino (nasceu em 530 d.C e morreu em 28 de junho de 572 d.C.) foi o rei dos “Longobardi” (Lombardos) a partir de 560 d.C e rei da Itália de 568 d.C. a 572 d.C. Homens  de “longa barba”,  louros, altos e  bons guerreiros, os “Longobardi”  eram provenientes da  Escandinávia.

Depois de longa permanência no atual território da Alemanha, na cidade que hoje é Hamburgo, desceram para a Europa Central e atravessando  o  rio Danúbio  entraram no território que é hoje a Hungria. Sob o comando do rei Alboino entraram no norte da Itália, na região da Padania, em 568 d.c, ocupando anos depois grande parte da Itália, chegando até a Calábria, no sul do país. 

Receita da Colomba 

 A Colomba Pascal, um pão doce e enfeitado com a forma da ave, anuncia a paz, é um símbolo cristão. Seu sabor é suave e seu preparo é delicado. Perfeito para a Páscoa.

Ingredientes

  • 2 tabletes de fermento biológico fresco
  • ¾ de xícara (chá) de leite morno
  • 4 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • ¾ de xícara (chá) de margarina
  • 4 ovos
  • ¾ de xícara (chá) de açúcar
  • Raspas de casca de 2 limões
  • 2 colheres (chá) de sal
  • 1 xícara (chá) de laranja cristalizada
  • ½ xícara (chá) de uvas passas brancas

 

Para cobertura

  • 1 xícara (chá) de amêndoas
  • ¼ de xícara (chá) de açúcar
  • 2 claras
  • 3 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro

 

Modo de preparar

1.     Em uma tigela, misture o fermento, o leite, 1 xícara (chá) de farinha e cubra com filme plástico. Deixe descansar por 30 minutos ou até dobrar de volume.

2.     Em outra tigela, misture a margarina, os ovos, o açúcar, as raspas de limão, o sal, a laranja e as uvas passas. Adicione à massa e misture o restante da farinha. Sobre uma superfície enfarinhada, sove a massa até ficar lisa. Cubra com filme plástico e deixe descansar por 2 horas.

3.     Sove mais um pouco. Coloque a massa em uma fôrma de papel ou de alumínio untada e enfarinhada, com formato de pomba, e deixe descansar por mais 30 minutos.

4.     Para a cobertura, bata no liquidificador as amêndoas, o açúcar e as claras. Espalhe a mistura sobre a massa crescida e peneire o açúcar de confeiteiro por cima.

5.     Leve ao forno médio, preaquecido, por 50 minutos ou até assar.

Como os Ovos de Páscoa, a Colomba representa a paz e a primavera

                                

RECEITA  EM  ITALIANO

Ingredienti: (per 2 colombe da 750gr)

Lievitino:

  • 80 gr di manitoba 
  • 15 gr di lievito di birra 
  • 40 gr di acqua

 

I° impasto:

  • lievitino 
  • 390gr. farina manitoba
  • 155gr. burro  
  • 105gr. zucchero 
  • nr.3 tuorli d’uovo  
  • 200gr. di acqua

 

II° impasto:

  • I° impasto
  • 85gr. farina manitoba
  • 15gr. di miele
  • 4gr. sale
  • 30gr. zucchero
  • nr.3 tuorli
  • 30gr. burro
  • Vaniglia
  • 300gr. cubetti d’arancio

 

Glassa:

  • 30gr. Nocciole tostate
  • 30gr. Mandorle
  •  225gr. zucchero
  • Albume

 

Procedimento:

Preparare il lievitino impastando tutti gli ingredienti. Lasciar lievitare per circa 2h. 

Impastare il I° impasto. Aggiungere al lievitino i 3 tuorli e lavorare per almeno 5min.  Sciogliere in 150gr. di acqua lo zucchero e aggiungere al composto. Amalgamare anche burro e tutta la farina. Quando la pasta è compatta, aggiungere poco per volta i 50gr. di acqua restante. Quando la pasta risulterà elastica e ben compatta, far riposare in un recipiente per circa 12h. Aggiungere al I° impasto farina, miele, sale e zucchero. Quando la pasta è ben elastica, aggiungere i tuorli pochi per volte. Poi il burro in 2 o 3 volte. Quando è tutto amalgamato, versare cubetti d’arancio e impastare quel tanto che basta per farla incorporare. Fare riposare per 1h coperta con un panno, tagliare il pezzo in due parti più o meno uguali mettere nello stampo e dare la forma della colomba mettendo il pezzo che forma le ali per primo e sopra quello del corpo sopra, mettete a lievitare per 5/6 ore o fino a raggiungere quasi il bordo dello stampo. Prima di infornare glassare e decorare con mandorle pelate. Cuocere a 180° per 40 min.

Tags: , ,

Deixe um comentário

*