Old

Domingos Montagner: “montagem do Zanni foi inesquecível”

Ator da novela “Joía Rara” e palhaço do Zanni e La Mínima fala da montagem do seu circo, o Zanni, e dos momentos de sua carreira

Telma Alvarenga

“No circo, ele é o palhaço Agenor. Na TV, vive um operário que se elege deputado federal, o Mundo, de Joia Rara, novela das 18h da Globo. Domingos Montagner, 51 anos” e esteve em Salvador com a comédia “Mistero Buffo”, apresentada no domingo 9/12, no Teatro Módulo, na Pituba.

“A montagem foi duas vezes indicada ao Prêmio Shell. Ela comemora os 16 anos do grupo La Mínima, fundado por Domingos e por Fernando Sampaio.  Eles também criaram, há 10 anos, ao lado de outros amigos, o Circo Zanni. A estreia no picadeiro é um momento que o ator jamais vai esquecer. Casado com  Luciana Lima, diretora de produção do La Mínima, Montagner tem três filhos, Dante, 2 anos, Antonio, 6, e Leo, 10.

 UM MOMENTO INESQUECÍVEL

São muitos, ainda bem, fora o nascimento dos filhos, que não conta, porque é barbada. Escolho a estreia do meu circo. Alguns artistas se reuniram, sem dinheiro, mas cheios de amor pelo circo. Alugaram uma lona bem velhinha, equipamento de som, pediram picadeiro e arquibancadas emprestados. Ficaram em trailers, barracas, e apresentaram, durante o Verão de 2003/2004, um espetáculo do jeito que queriam, do jeito que achavam que era o circo que amavam. E descobriram que o público também amava. Lá, vivi uma plenitude: trabalhando com minha família do lado e cercado dos melhores amigos. Em 2014, o Circo Zanni faz 10 anos…

 UM MOMENTO QUE VOCÊ GOSTARIA DE ESQUECER

Esqueci

O QUE MAIS TIRA VOCÊ DO SÉRIO?

Grosseria

O QUE MAIS RELAXA VOCÊ?

Festa na minha casa, com a família e amigos. Adoro fazer churrasco e ficar o dia inteiro falando coisas, em geral, inúteis, mas por isso mesmo bem importantes. E ver adulto e criança convivendo na mesma frequência.

UMA MULHER BONITA

Minha mulher, Luciana Lima

UM HOMEM BONITO

Vittorio Gassman (ator italiano)

QUAL A PIOR CRÍTICA QUE VOCÊ JÁ RECEBEU?

Foi de um crítico do Rio. Ele foi ver um espetáculo nosso e disse, resumindo, que os palhaços não têm muito o que surpreender. Nesse dia, a plateia tinha se deliciado e ovacionado o espetáculo. Não acho que foi a pior pela crítica ao nosso espetáculo, mas sim pelo preconceito explícito contra a arte do palhaço.

E QUAL O MAIOR ELOGIO QUE JÁ RECEBEU?

Foi do nosso mestre Roger Avanzi, o palhaço Picolino, hoje com 91 anos. Depois de muitos anos sem nos ver, ele nos assistiu e disse que éramos um orgulho para o circo. Eu me emociono quando lembro.

O QUE ESTÁ TOCANDO NO SEU IPOD?

Não tenho iPod, mas sou muito musical. Tenho mais de mil vinis, uns 800 CDs… É, sou do século passado e tenho meus hábitos compatíveis. Tenho todo o tipo de música, amo o rock, R&B e soul music. Adoro música sul-americana, caribenha e espanhola. Descobri, recentemente, duas cantoras espanholas incríveis: Bebe e Concha Buika.

O QUE NÃO ENTRA NO SEU APARELHO DE SOM?

Sertanejo universitário e o que chamam hoje em dia de funk. Respeito sempre novas ondas musicais, mas não preciso gostar.

NA SUA OPINIÃO, QUAL É O PIOR DOS SETE PECADOS CAPITAIS?
Na verdade, eu não acredito muito nesta história de “pecados capitais”, mesmo porque isso só existe na religião católica. Considero como componentes da personalidade de todos. E penso que o mais importante é conhecê-los, para que não se tornem nossa característica principal. Mas, entre eles, talvez o que mais me tire do sério seja a soberba. Ela frequentemente acaba em grosseria.

O PIOR DE SALVADOR

Como em todo o Brasil, a violência. Temos que abominar a violência! Nossa sociedade está se tornando excessivamente indiferente à violência, temos que dar um basta nisso!

O MELHOR DE SALVADOR

Não conheço bem Salvador, fui poucas vezes. Por isso, para não ser injusto, aponto como o melhor um artista que, para mim, é a síntese da arte popular, com toda a sofisticação e com o encantamento que ele desperta: Dorival Caymmi.

UMA DICA DA CIDADE

Eu me apresentei, uma vez, no Sesc Pelourinho, amei!

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

*