Clip Click

Festa do circo em Pernambuco

 

As Levianas

Banda de palhaças, As Levianas: liderança do evento

A Caixa Cultural de Recife sedia o I Festival Internacional de Palhaçadas do Recife, idealizado e realizado pela companhia Animée, mais conhecida pela banda de palhaças As Levianas.

Festival dedicado à arte de fazer rir e à atualização da linguagem do clown na versão feminina, o evento reforça o espaço conquistado pelas mulheres no mundo todo, em todas as profissões.

O Festival foi apoiado pela Caixa Cultural e produzido com o incentivo do Funcultura.

Atrações da Palhaçaria

O I Festival realiza apresentações de espetáculos nos teatros Apolo e Hermilo Borba Filho e na avenida Conde da Boa Vista. O evento é gratuito e aberto a todos os públicos.

Artistas locais, regionais e internacionais participam  dos nove dias de festival, que é um importante espaço para o fomento de pesquisa e discussão sobre a linguagem nacional da atividade do palhaço, profissão considerada historicamente masculina.

A Caixa Cultural de Recife abriga uma espécie de picadeiro para a realização de dois espetáculos adaptados para crianças, jovens e adultos e uma exposição em tecido, com imagens e textos sobre a história da palhaçaria feminina e da Cia Animée.

 

Há um fórum de debates sobre a comicidade feminina e a experiência de uma palhaça em hospitais psiquiátricos.

Programação na Caixa Cultural

 

Exposição “Palhaçaria”

A exposição está aberta ao público de 14 a 23/09; terça a domingo, das 12h00 às 18h00.

 

“Barrica por Água Abaixo”

Com Michele Silveira (SC). A palhaça Barrica quer ir à praia e isso é um bom motivo para atrapalhações. Utilizando-se de recursos concretos e imaginários, ela vence os obstáculos e alcança o prazer e a alegria em brincadeiras consigo mesma e com a plateia. Em 15/09 (sábado), às 16h00.

 

“Show de para com ou Mágicas”

 

crédito/foto Randal Andrade

Com Manuela Castelo Branco (DF). Uma tradicional apresentação de mágicas, feitas com cartas, cordas e outros objetos, com um detalhe bem importante e divertido: o “mágico” é uma palhaça. Em 16/09 (domingo), às 16h00.

 

Fórum e lançamento da revista “Palhaçaria Feminina”

“Discussões acerca da Comicidade Feminina e Campos de Atuação”. O debate é coordenado por Mariana Rabelo e Andrea Macera (SP). Em 21/09 (sexta), das 14h00 às 18h00. Grátis.

Há o lançamento da revista “Palhaçaria Feminina”, de Michelle Silveira (SC). Preço da revista: R$ 10,00.

Endereço

A Caixa Cultural de Recife fica à avenida Alfredo Lisboa, 505, na Praça do Marco Zero, bairro da capital pernambucana (tel:  0 81 3425-1906/ 1900).

 

Programação no Teatro Apolo

Abertura oficial do evento – 14/09 (sexta-feira), às 18h30.

“A Life in Her Day”

Com Hilary Chaplain (EUA). É um retrato engraçado e não convencional de uma mulher que deseja as mesmas coisas que todo mundo: ser amada. Hilary Chaplain é uma comediante de físico bizarro, que, através da transformação de simples objetos em companheiros humanos, vê-se presa a uma realidade alternativa. Em 14/09 (sexta-feira), às 19h00.

“Poste Restante”   

         

Com Jeannick Dupont (França). De robe azul e touca vermelha, senhorita Huguete Espoir, uma dona de casa, arruma meticulosamente a sua casa. Muito excitada, é a primeira vez na vida que recebe convidados. Os visitantes estão prestes a chegar, ou quase todos. Esse é o seu grande dia de partida. E ela não voará sozinha. Em 15/09 (sábado), às 19h00.

“De Malas Prontas”

 

crédito/foto Cristiane Fontinha

 

Com a cia. Pé de Vento (SC). Nessa irreverente comédia sem palavras, duas mulheres são obrigadas a compartilhar o mesmo banco de um aeroporto… Os conflitos, então, se sucedem velozmente até a situação chegar a um ponto sem retorno, e só há uma saída: a guerra! De maneira bem humorada mergulha-se no mundo dos conflitos que povoam nosso cotidiano. Em 16/09 (domingo), às 19h00.

“As Bufas”

Com a Casa de Madeira (RS). Um teatro abandonado serve de refúgio às mendigas Celói e Ventania. Certo dia, as poltronas do teatro, habitualmente vazias, são ocupadas por um público desconhecido. As mendigas não perdem, então, a oportunidade de apresentar suas habilidades artísticas. Em 20/09 (quinta), às 19h00.

“As Levianinhas”

 

Pocket show para crianças com a Cia. Animée (PE). A banda de palhaças As Levianas canta e toca ao vivo um repertório especialmente para as crianças, entremeado de gags e interações com a plateia. Aurhelia, Baju, Mary En e Tan Tan, as quatro palhaças, subvertem a ordem no sentido de que a boa desordem é sempre bem vinda. Em 22/09 (sábado), às 16h00.

“Canta Clown”

 

Canta Clown com Marta Carbayo

 

Com Marta Carbayo (Espanha/Dinamarca). Uma cantora de ópera apresenta árias clássicas. Com ideias peculiares sobre como uma performance lírica deve ser conduzida, ela enche o sutiã de objetos. Cada vez que saca um deles do decote, a apresentação toma um rumo inesperado.

Endereço

O Teatro Apolo fica à rua do Apolo, 121 (tel. 0 81 3355-3320/ 3321). Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (crianças, estudantes, professores e pessoas maiores de 60 anos). Em 22/09 (sábado), às 21h00.

 

Programação no Teatro Hermilo Borba Filho

“Cabaré – Pílulas de Palhaças”

Com D. Bilica (Vanderleia Will/SC) como mestra de cerimônia e a participação de Adriana Morales (MG), Andrea Macera (SP), Cris Villar (SC), Lily Curcio (SP), Michelle Silveira (SC), Julieta Zarza (DF), Cindy Fragoso, Jerlâne Silva e Paula de Tássia, Mariana Rabelo (SP), Ana Nogueira, Mayra Waquim, Anaíra Mahin, Renata Pires, Olga Ferrario, Silvia Góes, Marina Duarte, Fabiana Pirro e Lívia Falcão (PE).

Palhaças experientes e iniciantes fazem um cabaré de números curtos, em que a regra é se divertir. Em 17/09 (segunda), às 19h00.

“Sobre Tomates, Tamancos e Tesouras”

Com Andrea Macera (SP). Nessa comédia de suspense e mistério, recheada de humor negro, um olhar feminino sobre um universo que costuma ser atribuído aos homens é oferecido: o sombrio ambiente do crime, das armas, do cigarro, da bebida e dos inspetores de polícia. É um divertido jogo de enigmas, que, aos poucos, conta quem é Mafalda Mafalda (o nome é duplo mesmo!) e o que aconteceu com ela. Em 17/09 (segunda), às 21h00.

“Pelo Cano”

Com Paola Musatti e Vera Abbud (SP). O espetáculo traz uma releitura da palhaçaria clássica e revela em pequenas situações um universo inusitado, aquele em que habita o palhaço. Os objetos deixam de ser apenas utilitários e ganham outra dimensão, devido à capacidade de o palhaço transformar a realidade. Em 18/9 (terça), às 19h00.

“Spirulina em Spathodea”

Com Silvia Leblon(SP). Uma palhaça se mostra devagar. Ela traz uma bagagem. Aos poucos revela sua história, medos, frustrações, segredos, brinquedos. Convida a plateia a visitar esse mundo, incluindo-a na sua lógica pessoal. Fala de morte, vida, morte-vida, desejos, ardis, superações. Em 18/9 (terça), às 21h00.

“Cabaré  – Pílulas de 15’”

Com Lily Curcio (SP) e Marta Carbayo (Espanha/Dinamarca) como mestras de cerimônia e participação de Hilary Chaplain (EUA), Luciana Viacava, Val de Carvalho e Juliana Ferreira (SP), Giulia Cooper (PE) e Lily Curcio (SP).

Um cabaré de números entre 10 e 15 minutos, com os entremeios de Marta Carbayo e Lily Curcio, duas mestras da palhaçaria. Em 19/09 (quarta), às 19h00.

“Zabelinha”

 

Com As Marias da Graça (RJ). Adaptação de um conto popular, da tradição oral brasileira, compilado por Laerte Vargas. Trata-se da história de uma heroína que espera marido. O enredo surpreende pelo final, que não é feliz, ao contrário dos tradicionais dos contos de fada. Em 19/09 (quarta), às 21h00.

“Mais Fiel que Fogo”

Com Elke Maria Riedman (Áustria). A bombeira Brenda Feuerle está em operação. Ela recebeu uma missão do chefe: prevenir o incêndio em um teatro. Ela tenta realizá-la muito bem, mas sua fantasia sempre atrapalha o trabalho. Em 20/09 (quinta), às 21h00.

“Divinas”

Com a Duas Companhias (PE). Em clima de brincadeira e poesia, três contadoras de histórias, as palhaças Uruba, Bandeira e Zanoia, atravessam tempos e geografias diversas numa caminhada em busca dos sonhos. Tudo em diálogo com a música, a poesia popular e a arte do palhaço. Em 21/09 (sexta), às 19h00.

Endereço

O Teatro Hermilo Borba Filho fica à av. Cais do Apolo, s/no (tel. 0 81 3355-3321/3320).

 

 Programação à avenida Conde da Boa Vista

 “Riso Passageiro – Invasão de Palhaças”

Com o Grupo Trampulim (MG) e Cia. 2 Em Cena de Teatro, Dança e Circo (PE). Intervenção pública em pleno centro do Recife, com muito improviso, para alterar com graça o cotidiano dos cidadãos. Em 19/9 (quarta), às 16h00.

 

Deixe um comentário

*