Clip Click

Há quatro estreias mundiais em Circos

Fernanda Araújo, especial para Panis & Circus

São quatro as estreias mundiais que Circos traz para o respeitável público.

.

Circo Misterium – A cia. Barracão Cultural apresenta Circo Misterium, dia 3/9, das 19h às 20h10. Transmitido pela unidade do Sesc em Campinas, a trupe traz à tona a finitude da vida e a eterna continuidade da vida. Dilema começa em uma espécie de jogo de pingue-pongue no qual o palhaço Zabobrim acaba se engasgando e cai desfalecido. Quando desperta, se vê sozinho numa espécie de porta na qual é recebido por uma série de divindades de matrizes judaico-cristã, africana, islâmica, espírita e budista. No caminho do que ele acredita ser a morte, esses seres imortais ajudam o palhaço a encontrar respostas e compreender o sentido que ele mesmo deu à sua existência. Tudo em prol de um mundo mais pacífico (e bem-humorado), sob a direção de Esio Magalhães.

.

Foto Leonardo Galdino

CircomUns – A associação de pessoas anônimas com a ‘estética periférica’ é o tema de CircomUns, dia 1º/9, das 19h às 20h, no palco do Sesc Santana. Sob a direção de Adriano Mauriz, o Circo Teatro Palombar tratará do cotidiano de pessoas comuns (como motoboys, eletricistas e executivos) e da maneira como eles olham a cidade. O protagonismo de cada uma dessas figuras aparece em números individuais, como mágica, palhaçaria, roda cyr (círculo de metal usado em giros e acrobacias), cubo e arame. Na trilha sonora, sons da cidade e ritmos urbanos, como o hip-hop, além de intervenções musicais tocadas ao vivo pelo elenco, com uso de saxofone, trompete e sanfona.

.

Foto Divulgação

.

La Trattoria – O restaurante já tem data para abrir e os imprevistos não param de crescer. Neste ritmo alucinado estreia La Trattoria, dia 4/9, das 15 às 15h52. A montagem trabalha com a comicidade física, permeada por acrobacias, malabarismos e equilíbrios. Mas o elenco não busca o virtuosismo dos movimentos e não esconde a falta de habilidade dos palhaços. “Este é um espetáculo de celebração ao fracasso”, afirma Vitor Poltronieri, que divide a cena com Erickson Almeida, do grupo Los Circo Los.

.

Foto Tiago Lima

.

Retumbantes – Escolhido para o encerramento, Retumbantes, dia 4 /9, das 21h às 21h45, será apresentado ao vivo, direto do Sesc Santo André. Quatro artistas (Lívia Mattos, Livia Nestrovski, Rafé e Tomás Oliveira) representam um homem que perdeu a cabeça, gêmeas siamesas nada semelhantes e um beatboxer malabarista. Entre pequenos delírios, eles se “desmontam” e se “recompõem”, e buscam na música uma forma de se comunicar. Lívia Mattos assina concepção e direção do que eles chamam de ‘espetáculo-show’.

“O Retumbantes é um espetáculo circense musical com artistas absolutamente maravilhosos. A proposta nos caiu como uma luva neste momento em que todos passamos por uma certa re-compreensão de si e do coletivo. A efusão de todas as técnicas ali encontradas desde a virtuose e excentricidade circense, passando pela irreverência musical e pela beleza do canto da Lívia Mattos e da Lívia Nestrovski, é para nós um verdadeiro presente de encerramento desta edição”, comentou Marina Zan, assistente de Circo da Gerência de Ação Cultural do Sesc SP. 

Legenda foto caixinha: Retumbantes/Foto Tiago Lima 

Deixe uma resposta

*