Panis & Circus » Entries tagged with "teatro"

Adeus a Nico Nicolaiewsky!

Adeus a Nico Nicolaiewsky!

Músico excêntrico e comediante da melhor qualidade O músico excêntrico e comediante, Nico Nicolaiewski morreu, aos 56 anos, em decorrência de complicações relacionadas a leucemia, em Porto Alegre, na sexta-feira 7.2.2014. Ele ficou mais conhecido especialmente pelo musical “Tangos e Tragédias”, peça cômica em que interpretava o maestro Pletskaya ao lado de Hique Gomes, que representava o personagem Kraunus Sang. Eles afirmavam que haviam nascido na Sbórnia, que recebe o lixo cultural da humanidade.   Em virtude do humor … Read entire article »

Filed under: Clip Click

Travessuras medievais em cordas e trapézios

Travessuras medievais em cordas e trapézios

    Acrobacias aéreas contam história Não é toda hora que se vê uma história no teatro que seja narrada com acrobacias aéreas, marca da companhia Linhas Aéreas em “A Pulga do Arquiteto” e “Pequeno Sonho em Vermelho” (2005). “A Pulga do Arquiteto” é intensamente plástica: pelas cambalhotas, saltos e balanços nos objetos cênicos, suspensos no ar, atados às cordas em que as duas atrizes do espetáculo também se apoiam para executar sua coreografia fora do chão. Atrás delas, desenhos … Read entire article »

Filed under: Comentários

“Rei Lear”, de Skakespeare, em números de palhaços

“Rei Lear”, de Skakespeare, em números de palhaços

    Paga pra ver quem é o (bobo do) rei Ventania feita de ventilador. Bomba e dinamite de onde explode papel prateado e outras artimanhas de palhaços estão em “O Bobo do Rei” (2010). Pais atentos e o Teatro Folha lotado de crianças de todos os tamanhos na tarde de quarta, 18/07, nesse espetáculo, em cartaz na cidade de São Paulo até o final de julho. Com texto e direção de Angelo Brandini, a peça da cia. Vagalum Tum Tum … Read entire article »

Filed under: Comentários

“Nóis Otário[s]”: abusos políticos em forma de farsa

“Nóis Otário[s]”: abusos políticos em forma de farsa

    Cidadãos e políticos são todos otários “Nóis Otário[s] – Uma Subcomédia de Autoengano” é uma peça agradável, apesar do tema “angustiante”, como bem disse Hugo Possolo, autor do texto e o diretor, em entrevista sobre a montagem. Agradável porque não cansa e dispensa o estilo panfletário. Angustiante porque o bom cidadão não aguenta mais a roubalheira dos políticos que recebem seu voto, tanto faz o partido. Subcomédia porque o espectador não ri o tempo inteiro. Somos todos otários … Read entire article »

Filed under: Comentários

A hora e a vez de Carla Candiotto

A hora e a vez de Carla Candiotto

 Em tudo que Carla Candiotto faz há a estética do circo. Sua formação como atriz a conduziu por esse gênero de arte popular, que no século 20 teve a característica de se misturar a outras linguagens. Com vários espetáculos em cartaz na cidade de São Paulo, o currículo da diretora e atriz Carla Candiotto é extenso. Ela foi palhaça por sete anos no grupo Doutores da Alegria e atuou até em cinema, como no filme “Bens … Read entire article »

Filed under: Arte em Movimento

Peter Szondi explica crise do drama moderno

Peter Szondi explica crise do drama moderno

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Henrik_Ibsen       “Teoria do Drama Moderno” trata de 11 dramaturgos e um encenador O livro “Teoria do Drama Moderno – 1880-1950”, do húngaro Peter Szondi (1929-1971), foi lançado pela Cosac Naify (SP) em 2011, em segunda edição, com tradução de Raquel Imanishi Rodrigues. Szondi tem ainda traduzidos no Brasil “Ensaio sobre o Trágico” (Jorge Zahar, 2004) e “Teoria do Drama Burguês – século XVIII” (Cosac Naify, 2004). “Em Teoria do Drama Moderno”, Szondi seleciona peças-chaves de 11 dramaturgos e um … Read entire article »

Filed under: Old

“Jogando no Quintal” comemora 10 anos

“Jogando no Quintal” comemora 10 anos

    Espetáculo une improviso e dramaturgia Há dez anos o improviso ganhava a cena nacional. César Gouvêa e Marcio Ballas, do grupo de palhaços Doutores da Alegria, resolveram improvisar e criaram o espetáculo “Jogando no Quintal”. César, ou o Cizar Parker, o palhaço, afirma que as pessoas desconhecem que a improvisação nasce da técnica e comenta que elas falam: “‘Ah, vocês estão brincando, né?’. Estamos também. Mas a arte de improvisar exige muito treinamento”. Ele acrescenta que, antes do “Jogando … Read entire article »

Filed under: E com Vocês...

Personagens de Domingos Montagner e Fernando Sampaio enfrentam organização que deseja exterminar palhaços em “A Noite dos Palhaços Mudos”, em cartaz hoje, quarta (30/5).

       Vida imita arte em “A Noite dos Palhaços Mudos”, da cia. La Mínima “A Noite dos Palhaços Mudos” (2008), com Fernando Sampaio, Domingos Montagner e Fernando Paz, voltou a cartaz para quatro apresentações. Marcelo Castro é o “stand in”. Os atores Montagner e Sampaio ganharam o prêmio Shell com esse espetáculo em 2009. A peça conta a história de dois palhaços mudos, mas tão expressivos que a palavra falada fica destituída de função. A direção é de Alvaro Assad, que assina a preparação mímica e, com o La Mínima, o roteiro e a adaptação. Através da mímica, dos movimentos calculados, das caras de sustos e das armadilhas que só os palhaços sabem pensar, a dupla representa a perseguição dos personagens por uma seita maligna, que passa a caçá-los até arrancar o nariz de um deles. O … Read entire article »

Filed under: Anote