Pé na Estrada

“Vizinhos”: temporada de sucesso

 

 

Maíra Campos e Daniel Pedro, criadores de "Vizinhos"/ Foto Asa Campos

 

Daniel Pedro e Maíra Campos, da Artinerant’s, apresentaram o espetáculo “Vizinhos” em turnê que percorreu oito cidades do interior e litoral de São Paulo com uma bagagem de 800 quilos

Da Redação*

Domingo, 27 de abril: eles estacionam a caminhonete e uma pequena carreta em frente à Praça das Bandeiras, em Ilha Bela, litoral norte de São Paulo, às 15 horas. E começam a descarregar um sofá, uma cama, um colchão, uma porta, uma mesa, uma cadeira, um cabideiro, um rádio antigo, um aparelho de arame e fios, muitos fios, que fazem parte do equipamento de montagem da iluminação. Ao todo são 800 quilos de material.

 

Os “Vizinhos”, Maíra Campos e Daniel Pedro em Ilha Bela / Foto Asa Campos

 

Depois de duas horas de montagem, está pronto o cenário para a apresentação do espetáculo de rua  “Vizinhos” – programado para encerrar a Feira Literária de Ilha Bela – de 23 a 27 de abril.

Às 17 horas, eles (os artistas Daniel Pedro e Maíra Campos e o iluminador Paulo Souza) começam a cobrir sofá, cama, cabideiro, colchão, mesa, cadeira, entre outros objetos, com plástico preto. E o arame do aparelho de equilíbrio é enrolado com papel filme.

O cuidado justifica-se: um dia antes, sábado 26/4, em São Sebastião, cenário montado, a chuva desabou 20 minutos antes de o espetáculo começar, marcado para às 19h, à rua da Praia, Centro da cidade. Não foi possível fazer a apresentação e os objetos ficaram molhados.

 

Flerte com o surrealismo

Sem chuva, começa a apresentação de “Vizinhos”, às 19h30, no domingo, em Ilha Bela – distante meia hora de balsa de São Sebastião.  

O espetáculo mostra o cotidiano de um homem e uma mulher em que os objetos se tranformam e assumem novos usos – flertam com o surrealismo.

 

Daniel Pedro e o livro que queima nas mãos / Foto Asa Campos

 

Em cima de uma mesa, Daniel Pedro e Maíra Campos fazem acrobacias em ritmo de tirar o fôlego. Da mesa, Daniel Pedro salta literalmente em um sofá, que o engole, enquanto ele lê um livro que pega fogo em suas mãos.

 

Maíra Campos pendurada no arame / Foto Asa Campos

 

É a vez de Maíra Campos aparecer pendurada em um cabine no arame como se fosse uma roupa num armário. Em um jogo de luzes, sua sombra é projetada em uma cortina branca armada no fundo do cenário enquanto equilibra-se e troca de roupa em cima do fio – síntese perfeita do caminhar na corda bamba do cotidiano.

Duas cenas do casal convidam ao riso e reflexão.

 

Maíra com a máscara de touro e Daniel Pedro atrás / Foto Asa campos

 

Na primeira, Maíra Campos, aparece com uma máscara de touro e com ela sobe nos ombros de Daniel Pedro e agacha-se: os dois compõem assim uma figura que remete as criadas por Salvador Dali, ao som de “Você não vale nada mas eu gosto de você”, de Dorgival Dantas, na versão da cantora Tiê com candência de música espanhola. É uma cena para nenhum surrealista botar defeito.

 

Maíra e Daniel Pedro ouvem a locução sobre Sartre e Simone de Beauvoir / Foto Asa Campos

 

Em outro momento, Maíra Campos e Daniel Pedro estão sentados em cima da cama quando ouve-se, como se fosse um programa de rádio, um texto retirado do livro “Uma Relação Perigosa”, que fala de Simone de Beauvoir e Sartre. O locutor afirma que o famoso casal manipulava suas conquistas amorosas e ainda usavam as vítimas como personagens de seus livros.

 

A discussão do casal com luz estroboscópica / Foto Asa Campos

 

Após a locução do rádio, Maíra e Daniel Pedro sugerem cenas sexuais para partir, em seguida, para uma discussão física, sob luz estroboscópica, que acaba em uma briga de travesseiros de plumas que flutuam no cenário. Ironia a flor da pele.

O cômico, o misterioso e o criativo são vizinhos, se alternam e se encadeiam aparentemente sem esforço em um espetáculo de circo contemporâneo surpreendente e encantador.  

 

Público comenta o espetáculo

“Encerrar a Feira Literária de Ilha Bela com “Vizinhos” veio mesmo a calhar. É um espetáculo que tem o apoio do ProAc (Programa de Ação Cultural do governo de São Paulo) e em todos os eventos programados pela Secretaria de Cultura procuramos trazer o que pode surpreender e agradar à população”, afirma Simone DiFonzo, diretora de Cultura da cidade.

Deu certo, conforme mostram os depoimentos abaixo colhidos por Panis & Circus após o espetáculo.   

“Vizinhos é maravilhoso”, afirma  Francisca Pinheiros, 29, auxiliar de escrituração fiscal. “É lindo”, diz a psicóloga Ana Paula Godoy.

“Original”, define  Silvia Cardelerri, que faz dança terapêutica.

“Vi um espetáculo que me fez sentir mais culta. Domingo é um dia que a gente acaba ficando em frente à televisão. “Vizinhos” modificou esse meu dia a dia”,  finaliza Débora Souza Leite, 37.

 

“Vizinhos”: roteiro e imprensa

Cena de "Vizinhos" / Foto Asa Campos

 

“Vizinhos” é um espetáculo de rua criado pelos artistas Daniel Pedro e Maíra Campos que são integrantes do Circo Zanni.  Trata-se do primeiro projeto do  “Artinerant´s” – que tem como objetivo divulgar a Arte em Movimento – itinerante. 

Vai estar em Porto Ferreira para apresentação em 10 de maio, às 18h, no Calçadão Neno Pirondi (em frente ao Posto Marauto). E finaliza a temporada em Araras, no dia 11 de maio, às 18h, no Centro de Turismo “José Élio Dias” – Praça Jorge Assumpção – José Ometto I.

Dirigido por Lu Lopes, conhecida como a Palhaça Rubra, “Vizinhos” encerrou a Feira de Literatura em Ilha Bela, litoral norte de São Paulo, conforme descrito acima. Passou por Pindamonhangaba com espetáculo na Praça do Quartel, no Centro, às 19 horas, na sexta-feira 11/4. De lá, foi para Guaratingueta e apresentou-se, no sábado 12/4, no Parque Ecológico Anthero dos Santos, às 16 horas. 

Em 3/5, sábado, o espetáculo aconteceu em Bragança Paulista, na Praça Raul Leme (centro), às 18h e no domingo, 4/5, em Atibaia, na Praça da Matriz, centro, às 19h. E ganhou cobertura da imprensa nas cidades por onde passou. Veja abaixo.

 

Porto Ferreira Hoje - 10.05.14

 

Clique aqui para ver mais imagens do espetáculo.

Tribuna do Povo - Araras - 07/05/14

 

Imprensa Livre - 26/04/14

 

Tribuna do Norte - 15/04/14

 

Atibaia.com - 30/04/14

 

Ficha técnica

Direção: Lu Lopes


Elenco: Daniel Pedro e Maíra Campos

Cenografia: Flavia Mielnik

Figurino: Maíra Campos

Iluminação: Paulo Souza


Trilha Sonora: Daniel Pedro, Maíra Campos e Lu Lopes

Produção Executiva: Marina Felipe Ferreira

 

 

*Colaborou Bell Bacampos 

 

 

 

Postagem – Alyne Albuquerque

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

*